Apresentação

Objetivos 

  • Fornecer uma especialização cientifica, sólida, rigorosa e atualizada em Gestão, Empreendedorismo e Inovação
  • Formar quadros qualificadas capazes de intervir em contextos dinâmicos e complexos, designadamente, em empresas, entidades públicas e outros organismos ligados aos negócios, ao empreendedorismo e à inovação
  • Dotar os mestrandos de conceitos e métodos de gestão, em particular, ferramentas para a avaliação da exequibilidade e a operacionalização de ideias de negócio
  • Desenvolver soft skills, designadamente, raciocínio critico, criatividade, trabalho em equipa, capacidade de escrita, comunicação, proatividade e aceitação de riscos
  • Potenciar as características empreendedoras dos mestrandos
  • Proporcionar uma ampla compreensão do ecossistema empreendedor regional e nacional
  • Utilizar métodos e técnicas de investigação avançadas

Funcionamento

As estratégias pedagógicas usadas no curso de mestrado são variadas e complementares, destacando-se o recurso a aulas expositivas e participativas, a utilização de aplicações informáticas, o recurso a case studies, os trabalhos em grupo, os seminários de especialistas convidados e as visitas a empresas e outras entidades.

A avaliação em todas as unidades curriculares que compõem o curso englobará obrigatoriamente uma prova escrita individual. A avaliação poderá contemplar outras componentes, de natureza facultativa, cuja nota só contará para efeitos de classificação final caso melhore o resultado da avaliação final na unidade curricular.

Apesar do português ser a língua de funcionamento corrente do curso, alguma da bibliografia recomendada, bem como o material explorado nas aulas, poderá ser em língua inglesa.

Corpo docente

A Faculdade de Economia da Universidade do Algarve dispõe de um corpo docente próprio, com elevada qualificação nas diversas áreas disciplinares relevantes para o Mestrado em Gestão, Empreendedorismo e Inovação. Muitos dos nossos docentes são membros integrados do Center for Advanced Studies in Management and Economics (CEFAGE) e do Research Centre for Tourism, Sustainability and Well-being (CinTurs), centros de investigação classificados com Muito Bom pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. O mestrado conta também com a colaboração de profissionais com grande experiência. 

Incluem-se em seguida notas biográficas resumidas dos docentes do Mestrado em Gestão, Empreendedorismo e Inovação.

Adão Flores tem doutoramento em Gestão mestrado em Ciências Económicas e Empresariais. É Professor auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve e membro do Centro de Investigação sobre Espaço e das Organizações (CinTurs). Os seus temas de investigação principais são Gestão e Governança de Destinos Turísticos, Inovação em Turismo e Desenvolvimento de Produtos. Na universidade, coordena o Grupo de Empreendedorismo e é também membro da Direção do Doutoramento em Turismo.

Carla Amado é professora auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve e membro integrado do CEFAGE. A professora Carla Amado é detentora do grau de mestre em Economia e Econometria pela Universidade de Manchester, e do grau de doutor em Estudos Industriais e de Gestão pela Universidade de Warwick. Os seus principais interesses de investigação são na área da avaliação e gestão do desempenho no sector público, e tem publicado alguns dos seus trabalhos em jornais internacionais tais como o Omega, European Journal of Operational Research, Journal of the Operational Research Society, Health Care Management Science e Health Policy.

Carlos Cândido é professor auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve e membro integrado do centro de investigação CEFAGE. É diretor do curso de Mestrado em Gestão, Empreendedorismo e Inovação. Possui o grau de doutor em Gestão Estratégica pela Sheffield Hallam University e o grau de mestre em Gestão, Estratégia e Desenvolvimento Empresarial pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). Os seus principais interesses de investigação são na área da gestão estratégica e gestão da qualidade, e os seus trabalhos têm sido publicados em revistas científicas nacionais e internacionais, incluindo a International Journal of Operations & Production Management, a Total Quality Management & Business Excellence e o Journal of Management & Organization. Tem também publicado alguns livros entre os quais “Estratégia Empresarial – Conceitos, Processos e Instrumentos”, da editora Sílabas & Desafios.

Dinis Caetano é professor assistente convidado na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve e investigador especializado no domínio do empreendedorismo, com recentes trabalhos realizados para o Instituto Superior Técnico (Universidade de Lisboa) e Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. É detentor do grau de doutor em Ciências Económicas e Empresariais e Mestre em Economia da Inovação e Empreendedorismo pela Universidade do Algarve. Os seus principais interesses de investigação, nas áreas do empreendedorismo e incubação de empresas surgiram no âmbito da sua experiência durante 12 anos como diretor de uma incubadora de empresas vocacionada para a criação e consolidação de empresas startups, seguida de sólida formação académica. Tem artigos publicados em revistas científicas e tem dado o seu contributo à divulgação do empreendedorismo e da inovação através de artigos de opinião em jornais regionais e nacionais. É autor do livro “Empreendedorismo e Incubação de Empresas – Uma aplicação ao caso português”, publicado em 2012 pela editora Bnomics (Lisboa).

Fernando Félix Cardoso é licenciado em Economia e em Gestão de Empresas pela ESESE / Évora e Mestre em Ciências Empresarias pelo ISCTE. Tem ainda um Mestrado Executivo em Ativos e Mercados Financeiros também concluído no ISCTE e um Programa de Direção de Empresas na AESE/IESE (U. Navarra). Foi CFO executivo de várias empresas na área imobiliária, financeira (banca de investimentos), industrial e de serviços no decurso da sua carreira profissional. Atualmente é professor auxiliar convidado da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, professor convidado do IDEFE (ISEG) e é Visiting Professor na NOVAFORUM (Nova School of Business and Economics). Membro do CinTurs, é proprietário de uma empresa de consultadoria. As suas principais áreas de interesse são: Banking Industry, Corporate Finance, Corporate Governance e Family Firms.

Francisco Banha é doutorando em ciências económicas e empresariais da FEUAlg, possui uma licenciatura em OGE (ISNP), um Mestrado em Gestão (UTL) e um MBA em Business Strategy (ISEG). É responsável pela cadeira de Empreendedorismo no MBA (ISEG), e Professor Auxiliar Convidado na FEUAlg, onde leciona também no Mestrado em Finanças Empresariais. Escreveu “O Impacto da Fiscalidade no Setor de Capital de Risco” – Editora Vida Económica; “Capital de Risco – Os Tempos Estão a Mudar”- Editora Bertrand e “ Cartas a um Professor – Educação para o Empreendedorismo” – Editora Bnomics. Fundou o Grupo Gesbanha - gestão e contabilidade, capital de risco e empreendedorismo. Angariou 40 milhões euros para projetos empresariais e Implementou em 500 Escolas (150 Municípios), o método learning by doing envolvendo 109.019 alunos e 4.842 professores. Investe em startups como Business Angels, sendo fundador do primeiro clube de Business Angels em Portugal (2000) e da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels), da qual é seu Presidente Honorário.

Helena Almeida é titular do grau de Doutora em Psicologia, especialidade em “Psicologia das organizações”, atribuído pela Universidade do Algarve. É Professora Auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, e membro do Centro de Investigação em Turismo, Sustentabilidade e Bem-Estar (CinTurs. UALG). É Diretora do mestrado internacional em Gestão “Management”, da Ualg. Os seus interesses de investigação incidem sobre a transferência do conhecimento, ecossistemas empreendedores, engagement, empowerment, satisfação no trabalho, satisfação dos clientes e inovação. Tem publicado a sua investigação em prestigiadas revistas científicas internacionais, tais como European Planning Studies, Applied Nursing Research e Western Journal of Nursing Research. É autora de livros portugueses como “O Potencial Motivador do Trabalhador” e o “Design em Portugal” (em co-autoria), entre outros. É editora do livro Internacional “The Role of Knowledge transfer in Open Innovation” (em co-edição).

Hugo Pinto é economista, investigador permanente do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e co-coordenador do NECES - Núcleo de Estudos sobre Ciência, Economia e Sociedade. Desde 2003 foi gestor de C&T em diversas entidades. É Doutor em Governação, Conhecimento Inovação, Mestre em Economia Regional e Licenciado em Economia. A sua investigação centra-se na ligação entre a inovação e o desenvolvimento regional. Interessado também na discussão da Economia como ciência. Participa e coordena atualmente vários projetos de investigação, nacionais e internacionais. Colabora com a Comissão Europeia e com governos regionais em iniciativas relacionadas com a preparação de estratégias de especialização inteligente. É membro da direção da Associação Portuguesa de Economia Política. Professor convidado na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve. Publicou recentemente os seguintes livros: Innovation in SMEs and Micro Firms Culture, Entrepreneurial Dynamics and Regional Development (Routledge) Resilience and Regional Dynamics (Springer), Resilience, Crisis and Innovation Dynamics (Edward Elgar). A sua produção científica está disseminada em revistas como Regional Studies, Marine Policy ou European Planning Studies.

João Guerreiro é Professor Catedrático na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, membro integrado do CinTurs/UALG (Research Centre for Tourism, Sustainbility and Well-being). É licenciado em Geografia, Mestre em Ordenamento Rural e Ambiente, Doutorado em Economia Rural e Agregado em Economia Regional. Foi Presidente da Comissão de Coordenação da Região do Algarve e Reitor da Universidade do Algarve. Foi um dos impulsionadores do CRIA (Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia), da Universidade do Algarve, e assegura na atualidade as funções de Coordenador Científico desta estrutura. Os seus interesses na área da investigação científica prendem-se com o desenvolvimento regional, a economia da inovação e o papel desempenhado pelas instituições de ensino superior no quadro da economia do conhecimento.

José de São José é detentor do grau de Doutor em Ciências Sociais, especialidade em “Sociologia Geral”, atribuído pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. É Professor Auxiliar (com Agregação) na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, e investigador do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa (CICS.Nova). É Diretor da Licenciatura em Sociologia e do Mestrado em Gerontologia Social da UAlg. Os seus interesses de investigação incidem sobre os cuidados sociais para as pessoas idosas, a dignidade nas fases adiantadas da vida, o idadismo, o envelhecimento ativo, a quarta idade, os cuidados de saúde e de longa duração, as desigualdades sociais na velhice, a sexualidade na velhice e o turismo sénior. Tem publicado a sua investigação em prestigiadas revistas científicas internacionais, tais como The Gerontologist, Journal of Aging Studies, and Ageing & Society.

Juan Pablo Correia é Professor Assistente Convidado na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve. É mestre em Gestão Empresarial pela mesma faculdade. Leciona unidades curriculares como Tecnologias de Informação quer para licenciatura em Gestão de Empresas, quer para Economia. É também Administrador no grupo Algardata, tendo participado em diversos projetos nacionais e internacionais ligados à área tecnológica, sobretudo focados no arranque de operações de âmbito tecnológico. Participou em vários congressos, em vários países, sobretudo pela divulgação da aplicação da tenologia na gestão. É representante do grupo Algardata na COTEC – Associação Empresarial para a Inovação, como gestor de Inovação.

Luís Coelho é professor auxiliar e membro do CEFAGE, sendo actualmente o Director do Sector de Pós-Graduações, o Director do Mestrado em Finanças Empresariais e da licenciatura em Gestão de Empresas da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve. É detentor do grau de mestre em Investigação em Gestão pela Universidade de Cranfield, e do grau de doutor em Gestão, especialização em Finanças e Contabilidade, pela Universidade de Edimburgo. Os seus principais interesses de investigação são nas áreas das finanças empresariais, mercados de capitais e contabilidade, onde tem publicado vários artigos científicos. É também autor do livro "The Aftermath of Chapter 11 Bankruptcy: a Comprehensive Analysis", pulicado pela editora Lambert Academic Publishing.

Manuela Guerreiro é Professora Auxiliar na FEUALG e diretora do mestrado em Marketing Management. É detentora do grau de doutor em Ciências Económicas e Empresariais, Domínio Científico de Gestão, pela UAlg, e mestre em Gestão e Administração do Património Cultural, pela UAlg e Université Paris VIII. É membro do CinTurs. Desempenhou funções como diretora de Marketing e Comunicação na Orquestra do Algarve e vereadora da Cultura, Turismo e Educação numa Câmara Municipal. Os seus principais interesses de investigação situam-se nas áreas do Marketing (nomeadamente marcas e comportamento do consumidor), do turismo (nomeadamente experiência turística, turismo cultural e eventos) e da cultura, (nomeadamente marketing Cultural e de eventos). É autora de várias publicações em revistas científicas nacionais e internacionais.

Nelson Matos é Professor Adjunto convidado na ESGHT, onde leciona várias unidades curriculares no âmbito do Marketing e Turismo. É detentor do grau de doutor em Turismo, pela Ualg, e membro do CinTurs. Desempenhou várias funções de gestão ligadas ao marketing no ramo da hotelaria e dos serviços e participou em vários projetos empresariais, como consultor e formador de marketing. Os seus principais interesses de investigação situam-se nas áreas do Marketing (nomeadamente marcas e comportamento do consumidor), do turismo (nomeadamente destinos e experiência turística), e do neuromarketing. É autor de publicações em livros e revistas científicas.

Pedro Valadas Monteiro é professor auxiliar convidado na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, membro integrado do centro de investigação CENTEC-IST/ULisboa e colaborador do CinTurs/UALG. É funcionário do quadro da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, onde desempenha atualmente o cargo de Diretor Regional. É mestre em Gestão Empresarial pela FE UALG e doutorado em Gestão pela UÉvora. Foi Delegado Adjunto Distrital de Faro da Ordem dos Engenheiros. É consultor / perito da ONUDI e os seus principais interesses de investigação são na área do ambiente e dos recursos naturais, desenvovimento regional e economia do mar, onde tem várias publicações em revistas científicas nacionais e internacionais. É autor do livro "Enhancing the Competitiveness of Peripheral Coastal Regions: Moving from Potential to Success".  

Rúben Peixinho é professor auxiliar e diretor do curso de Mestrado em Contabilidade na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve. É detentor do grau de mestre em Investigação em Gestão pela Universidade de Cranfield, e do grau de doutor em Gestão, com especialização na área de Contabilidade e Finanças, pela Universidade de Edimburgo. Os seus principais interesses de investigação são nas áreas da contabilidade e finanças, onde é autor de vários artigos científicos.

Sérgio Santos é professor associado na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, membro integrado do CEFAGE e colabora com o ISCTE Business School ao nível do programa de doutoramento em Business Administration. O professor Sérgio Santos é detentor do grau de mestre em Economia e Econometria pela Universidade de Manchester, e do grau de doutor em Gestão pela Universidade de Strathclyde. Os seus principais interesses de investigação são na área de avaliação e gestão do desempenho organizacional, tendo publicado alguns dos seus trabalhos em jornais internacionais de renome tais como o European Journal of Operational Research, Omega, Health Care Management Science, Health Policy, Journal of the Operational Research Society, e International Journal of Operations and Production Management. 

Silvia Fernandes é professora auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve e membro integrado do CinTurs - Centro de Investigação sobre o Espaço e as Organizações. É doutorada em Economia da Informação pela mesma faculdade. Leciona unidades curriculares como Tecnologias de Informação, Sistemas de Informação, Economia da Inovação e Empreendedorismo e Inovação em licenciaturas e mestrados. Publicou vários trabalhos relacionados com tecnologias e inovação em atas de conferências e congressos e em revistas nacionais e internacionais tais como a European Planning Studies, a Technology in Society, o Journal of Technology Management & Innovation e a Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação.

Propinas e taxas 2021/2022

Candidatos nacionais: 3250 Euros (1.º ano - 2250 Euros; 2.º ano - 1000 Euros)

Candidatos internacionais*: 4000 Euros (1.º ano - 2250 Euros; 2.º ano - 1750 Euros)

Taxa de candidatura: 50 Euros

Taxa de Inscrição e Seguro Escolar: 175 Euros

Nota: A propina deste curso pode ser paga em 10 prestações, sendo a primeira no ato da matrícula e as restantes nos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.
 

* de acordo com o Decreto-lei n.º36/2014, alterado pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto, são considerados estudantes internacionais os nacionais de um estado que não seja membro da União Europeia e que residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior.

As candidaturas aos cursos de Mestrado são efetuadas através do Portal Académico.
 
Saídas Profissionais

O Curso de Mestrado em Gestão, Empreendedorismo e Inovação é particularmente relevante e dirigido a quem exerce ou pretende vir a exercer funções em empresas, agências de desenvolvimento, associações empresariais, municípios, gabinetes de consultadoria, áreas metropolitanas, comissões de coordenação para o desenvolvimento, entidades viradas para a promoção do desenvolvimento empresarial, ou outras instituições públicas ou privadas que tenham ou promovam o Empreendedorismo e a Inovação como objetivos estratégicos de desenvolvimento. A criação da sua própria empresa (e emprego) é também uma saída profissional relevante.